Fazendo Turismo em Beagá

Olá!

Raramente fico em Belo Horizonte aos finais de semana, geralmente viajo para o sítio. No entanto, por uma obra do acaso permaneci aqui e resolvi explorar a cidade como se fosse uma “turista”. Fazia um dia lindo de inverno, o céu bem azul contrastava com o rosa das flores dos centenas de ipês que enfeitam nossas ruas: um verdadeiro espetáculo!

juliabello-memorialminasgerais

foto da janela do Memorial Minas Gerais

O alvo da minha rota foi o Circuito Cultural da Praça da Liberdade e suas antigas secretarias que hoje são centros culturais e museus. Inclusive, falei sobre a exposição que está acontecendo no Centro Cultural Banco do Brasil aqui. Dei uma pesquisada na internet antes de sair de casa para montar o roteiro do passeio.

Começamos pela Casa Fiat e a sua exposição sobre os 120 anos de Belo Horizonte. Engraçado como o tempo passa tão rápido! Outro dia me lembro da minha querida cidade ter feito 100 anos. Depois seguimos para o Memorial Minas Gerais Vale e suas histórias sobre a gente antiga que morou aqui, incluindo os seus fantasmas.

Passamos pelo Museu das Minas e do Metal e a sua maravilhosa coleção de pedras e metais. A seguir veio o Centro Cultural Banco do Brasil, onde almoçamos no Sou Café uma boa comida mineira com valor honesto. A visita seguinte contemplou o Centro de Arte Popular da Cemig e seu lindo acervo de esculturas, que fica quase em frente ao Cine Belas Artes. Fechamos a tarde com um café na Casa Fiat com direito a bolo de chocolate e sorvete.

juliabello-centrodeartecemig

foto de cerâmica do Centro de Arte Popular da Cemig

juliabello-cafecasafiat

foto do bolo de chocolate do café da Casa Fiat

Ao longo do percurso percebi a presença de muitos estrangeiros. Eram americanos, chineses, alemães, assim como moradores de beagá. Muito legal! É impressionante como temos lugares tão interessantes para  visitar, mas na correria do dia-a-dia deixamos de prestigiar. Preferimos fazer turismo em outro lugar.

Quanto mais a gente valorizar, maior a chance de mantermos esses lugares funcionando como devem estar. Lembrando que todas essas atrações são gratuitas. Sempre é bom ter locais assim para distrair a cabeça do estresse da vida urbana e dos problemas também! Afinal, problemas, quem não os tem?

Com carinho,

Julia

Anúncios

2 comentários sobre “Fazendo Turismo em Beagá

  1. CARMEN REGINA GROSSI ARAÚJO disse:

    Bom dia Julia,
    Abaixo listei alguns lugares que sempre gostei de visitar em BH:
    • MUSEU DE ARTES E OFÍCIOS NA PRAÇA DA ESTAÇÃO
    • CERAMISTAS EM SANTA TERESA:
    – MÁXIMO SOALHEIRO – Rua Almandina 200 – Santa Teresa – BH – Fone: 3482-4584
    – ERLI FANTINI – o ateliê fica na Rua Quimberlita, 510 – Santa Tereza, BH – é preciso agendar a visita com antecedência pelo telefone 3461-2875
    • MUSEU DO BORDADO – Rua Jornalista Afonso Rabêlo, 47 – Cidade Nova, Belo Horizonte – MG – é bom agendar a visita com antecedência pelo telefone : 3484-1067
    • RESTAURANTE DO PORTO – Rua Conselheiro Lafaiete, 2099 – Cidade Nova – BH
    • CAMINHADA NA ORLA DA LAGOA DA PAMPULHA

    • MUSEU DE ARTE DA PAMPULHA – Av. Dr Otacílio Negrão Lima, 16585 – Pampulha – BH – Fone: 3277-7996

    • RESTAURANTE XAPURI – Rua Mandacaru, 260 – Pampulha BH – Fone: 3496-6198

    • VALE VERDE – ALAMBIQUE E PARQUE ECOLÓGIO – BETIM – Fone: 3079-9171

    Um beijo

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s